Artigos do Padre

26/08/2015 - Programa Aprender Mais do Instituto Padre Haroldo faz 20 anos

Uma vida digna e com perspectivas de futuro. Essas são algumas das possibilidades oferecidas a jovens com idades entre 6 e 24 anos em situação de vulnerabilidade social, por meio do Programa Aprender Mais, um dos projetos desenvolvidos pelo Instituto Padre Haroldo. O programa de prevenção e de profissionalização de jovens completa 20 anos no próximo dia 26 com mais de 5 mil pessoas beneficiadas. A data será lembrada com festa e apresentação dos alunos. Atualmente, 200 crianças e adolescentes são atendidos por meio das oficinas, cursos profissionalizantes e atividades recreativas.

O programa foi desenvolvido a partir da necessidade crescente não só de oferecer a chance de tratamento para usuários de álcool e de drogas, mas de criar oportunidades que levassem os jovens em situação de vulnerabilidade social a se manterem distantes desse universo e de suas consequências, como afirma Maria Lúcia Costa, gestora técnica do Aprender Mais. “Do lado de fora, a sociedade pensa que a entidade se limita ao amparo a usuários de drogas, que precisam de atenção especial, e desconhece que a instituição se transformou e investe para garantir vida digna a centenas de crianças e jovens num trabalho de Prevenção para uma Vida Saudável.”

O programa é oferecido no período do contraturno escolar dos alunos de 6 a 14 anos, ocupando o tempo ocioso desses jovens com atividades socioeducativas e de convivência. Derick Cerqueira, de 12 anos, mora no Jardim Líria e está no projeto Aprender Mais há três anos. No espaço, ele já teve aulas de inglês, e agora participa das aulas de percussão, acrobacias e pratica esporte. Ele conta que além de aprender se diverte muito. “Gosto daqui porque em vez de estar em casa sem fazer nada fico com os meus amigos e professores que eu gosto bastante”, conta. Antes dele, seus dois irmãos mais velhos passaram pelo projeto.

Aos 11 anos, a pequena Caroline Simione tira suas primeiras canções do violão e vai se apresentar ao lado do irmão Richard no dia da comemoração dos 20 anos do projeto. “Eu adoro estar aqui. Gosto muito das oficinas de dança e de violão. Eles também nos ensinam a ficar longe das drogas e nos ajudam a ter uma vida melhor. Meu irmão mais velho estudou aqui e hoje já trabalha”, conta. Segundo Maria Lúcia, a equipe do Aprender Mais trabalha as habilidades globais dos alunos de maneira lúdica, prazerosa e descontraída, identificando suas habilidades e potencialidades.

Os jovens com idades de 15 a 24 anos, que estão na faixa considerada de maior exposição ao álcool e drogas, participam das atividades de iniciação profissional. Esse projeto também é estendido a familiares. Entre as atividades desenvolvidas estão artes circenses, jardinagem, fotografia, artes, violão, flauta, percussão, esportes, inclusão digital. Também são oferecidos cursos de camareira, porteiro, de higiene e manipulação de alimentos e manicure. Os cursos de iniciação profissional têm certificação da Escola Senai e Centro de Educação Profissional de Campinas (Ceprocamp) e APAS. O programa abrange a região Leste de Campinas.

Ao longo desses 20 anos, o Aprender Mais já vem colhendo muitos frutos. Um caso que enche a instituição de orgulho é o de Israel Ribeiro de Jesus Gomes, de 24 anos, que ingressou no projeto em 2007, quando fez o curso de Informática. Logo depois, cursou o profissionalizante em Panificação e participou de diversas palestras que o auxiliaram em seu caminhar profissional. Israel conseguiu ingressar em um curso técnico da Escola Bento Quirino e, por meio de concurso, passou em um estágio na Prefeitura. "Meu currículo foi todo montado a partir do projeto do Padre Haroldo. Tive um apoio profissional e fui direcionado. Acredito que se não tivesse passado por lá, minha vida seria bem diferente" , conta o jovem.