Artigos do Padre

14/01/2016 - Artigos do Padre Haroldo - Amor Fiel

Cite uma passagem das Escrituras que seja útil para nos inspirar uma boa preparação para o casamento.

A previsão pastoral da Igreja pode ser enriquecida pela seguinte passagem do Livro de Tobias:

Quando Raguel e Edna (os pais de Sara), saíram, fecharam a porta do quarto. Tobias se levantou da cama e disse a Sara: “Mulher, levanta-te. Vamos rezar, pedindo que nosso Senhor tenha misericórdia de nós e nos proteja”. E assim rezou: Bendito és, Deus de nossos pais, e bendito seja o Teu Nome para sempre! Que Te bendigam os céus e todas as criaturas pelos séculos sem fim! Tu criaste Adão e, como ajuda e apoio, criaste sua mulher, Eva. Dos dois nasceu a raça humana. Tu disseste: “Não é bom que o homem esteja sozinho. Vou fazer-lhe alguém como ele, que o ajude”. Se eu caso com esta minha irmã (amada, noiva, esposa), não busco satisfazer minha paixão, mas procedo lealmente. Digna-te ter piedade dela e de mim, e faze-nos chegar juntos à velhice (Tb 8, 5-10).

Mas como é que a Igreja “anula” certos casamentos?

A Igreja não tem autoridade do seu Senhor Jesus para anular nenhum casamento verdadeiro e válido, onde houve livre consentimento de duas pessoas capazes para o casamento.
No entanto, muitas vezes um casamento que parecia válido de fato vem a ser comprovado que não era.
A união sexual é fundamental no casamento? Quais são os bens do Matrimônio conforme o plano de Deus?
Sim, a relação sexual é essencial no casamento, porque a bênção do casamento, desde o princípio, visava a família e a humanidade: Sede fecundos e multiplicai-vos. Enchei a terra (Gn 1, 28).
Mas este não é o único bem visado no plano de Deus para o matrimônio do homem e da mulher. Como diz São Paulo: O marido cumpra o dever conjugal para com a sua esposa; a mulher faça o mesmo com relação ao marido. A mulher não dispõe do seu corpo, mas é o marido que dispõe. Do mesmo modo o marido não dispõe do seu corpo, mas é a mulher que dispõe.Não vos recuseis um ao outro a não ser de comum acordo e por algum tempo, a fim de vos dedicar à oração, depois disso voltai a unir-vos para que não sejam tentados mediante vossa incontinência (1Cor 7, 3-7).

Por que o amor fiel é tão importante no casamento?
Nosso Senhor ama o servidor fiel e prudente e lhe confia sua casa (Mt 24, 25). Jesus elogia a fidelidade: Porque foste fiel no pouco, também será fiel no muito (Lc 16, 10). Constantemente, Paulo chama Deus de fiel: Deus é fiel (1Cor 1, 9; 4, 2; 10, 13; 1Ts 5, 24 etc.). Ainda quando somos infiéis a Deus, ele permanece fiel a nós (2Tm 2, 13). Jesus é fiel e justo para nos perdoar (1Jo 1, 9). Ele é a fiel testemunha, o primogênito de muitos irmãos (Ap 1, 5), e nos convida a sermos fiéis até a morte (Ap 2, 10), para triunfarmos com ele, o Fiel e Verdadeiro (Ap 19, 11).

PARA REFLETIR
Além disso, o bem da educação dos filhos pede, quanto possível, a presença do pai e da mãe. A fidelidade dos pais é uma bênção para os filhos.