Artigos do Padre

11/04/2016 - Artigo do Padre Haroldo - Efeitos de alívio da ansiedade causados pela maconha
Um grupo de pesquisadores da Universidade Vanderbilt Medical Center, em Nashville, Tennessee, Estados Unidos, descobriu receptores de canabinóides no cérebro, através dos quais a maconha exerce seus efeitos em um centro emocional chave envolvido na regulação da ansiedade.
            A descoberta pode ajudar a explicar por que muitos usuários de maconha dizem que usam a droga para reduzir a ansiedade.
            Os pesquisadores mostraram como as células nervosas das amígdalas do cérebro fazem e lançam seus próprios endocanabinóides naturais.
            Esse estudo pode ser muito importante para a compreensão de como a maconha exerce seus efeitos comportamentais.
            Estudos anteriores na Universidade Vanderbilt e em outros lugares têm sugerido o seguinte:
·        O sistema de receptores canabinóides e produção de endocanabinóides naturais envolvem o neurotransmissor glutamato, regulando a ansiedade e a resposta negativa ao estresse.
·        O estresse crônico ou agudo e o trauma emocional grave pode causar uma redução tanto na produção de endocanabinóides quanto da capacidade de resposta dos receptores.
·        Se por um lado a maconha traz um efeito de alívio da ansiedade através dos receptores de canabinóides, por outro lado seu uso crônico regula os receptores de forma negativa, aumentando a ansiedade, podendo desencadear um ciclo vicioso trazendo o aumento do consumo.
 
 “Nós sabemos onde os receptores estão. Sabemos a sua função. Sabemos como esses neurônios fazem seus próprios canabinóides”, disse Sachin Patel, PhD, autor deste artigo. “Agora podemos ver como esse sistema é afetado pelo estresse e pelo uso crônico da maconha. Pode mudar radicalmente nossa compreensão sobre a comunicação celular na amígdala”.
            “Bem-vindo(a) a bordo!
            Antes de içarmos as velas, permita dizer-lhe uma coisa:
            Se você não sabe para onde ir, todo vento é bom.
            Mas, se sabe onde quer chegar, ajuste as velas!”
 
            “Senhor, dá-me um coração grato por tudo com que fui abençoado e deixa-me entender plenamente a magnitude da gratidão.”
 
 
Haroldo J. Rahm, SJ