Notícias

12/08/2017 - Atuando em Educação, Prevenção e Cuidados, o Instituto Padre Haroldo é escolhido uma das “100 Melhores Ongs do Brasil”

O IPH - INSTITUTO PADRE HAROLDO recebeu este mês o reconhecimento como uma das “100 melhores ONGs do Brasil”. O levantamento foi promovido pela Revista Época e pelo Instituto Doar. Em um universo de mais de 300 mil ONGs no país, 1.560 foram analisadas por um grupo do Instituto Doar com o Centro de Estudos em Administração Pública e Governo da Fundação Getúlio Vargas, e destas foram escolhidas as 100 melhores. A intenção, com o levantamento, é dar visibilidade às organizações com melhores práticas no Terceiro Setor e incentivar a cultura de doação no Brasil.

Segundo a Revista Época, as entidades foram submetidas a uma Comissão Julgadora que avaliou cinco princípios: Causa e Estratégia, Representação e Responsabilidade, Gestão e Planejamento, Estratégia de Financiamento e Comunicação.

 

 “Esse prêmio é reflexo de um trabalho da Época que busca cada vez mais noticiar o que importa, sempre checando os fatos e estimulando o Terceiro Setor com uma cultura de doação”, afirmou o diretor de redação da Revista Época, João Gabriel.

No evento, o Instituto Padre Haroldo foi representado por Beto Sdoia, presidente do IPH, e Lúcia Decot, Diretora de Comunicação da entidade. Sdoia dedicou o prêmio a todos os atendidos. “Eles são a razão da existência da nossa obra”, afirmou.

 

“Este prêmio é muito importante não só para o Instituto Padre Haroldo, mas para inúmeras ONGs que trabalham na perspectiva da Boa Gestão e da Transparência.  É um reconhecimento que valoriza as boas entidades do Terceiro Setor e permite que tenham mais visibilidade nos meios de comunicação e consequentemente na sociedade.  Com este prêmio, o Instituto Padre Haroldo mais uma vez atesta sua idoneidade, competência e profissionalismo ao lidar com os recursos empregados na sua operação, sejam eles doados por generosas pessoas ou empresas, bem como destinados por Incentivos de Impostos, ou ainda Recursos Públicos relacionados com Termos de Fomento e de Cooperação que são firmados no âmbito dos Governos, Municipal, Estadual e Federal”, ressaltou o presidente do Instituto Padre Haroldo.

Entretanto, Beto Sdoia esclareceu que os recursos recebidos hoje pelo Instituto são insuficientes para sustentar os projetos desenvolvidos. Lembrou que há uma demanda reprimida de crianças e adolescentes em espera para participar do Programa de Prevenção do IPH, e que a generosidade de pessoas e empresas poderá possibilitar que mais adolescentes e jovens participem do Programa, educando para uma vida saudável e promovendo a prevenção da instalação do consumo de drogas e a prática de atos ilícitos em suas vidas. A Prevenção é o melhor caminho para transformar a triste realidade do consumo de drogas.

 

Educar para inspirar

Fundado em 1978, o Instituto Padre Haroldo já beneficiou mais de 80 mil pessoas. Atendendo sob os pilares de Educação, Prevenção e Cuidados, a entidade mantém 14 serviços instalados em 7 endereços na cidade de Campinas.  A entidade conta com mais de 100 voluntários diretos e uma equipe composta por 200 profissionais.

Os serviços atendem públicos diversos desde gestantes e bebês na CASA DA GESTANTE, como crianças, adolescentes, jovens e adultos que encontram-se socialmente vulneráveis, muitos deles vivendo em áreas de vulnerabilidade e riscos, social e pessoal. As atividades desenvolvidas resgatam as potencialidades dos acolhidos, ampliam as oportunidades e possibilitam uma vida saudável, autônoma, inserida na sociedade.

Com equipes multiprofissionais de educadores sociais, pedagogos, psicólogos, profissionais da assistência social, enfermeiros e médico, os projetos do Instituto Padre Haroldo são desenvolvidos com profissionalismo e fundamentação e metodologia técnica e científica. O Valores fundamentais do Instituto, Fé, Esperança e Amor, inspirados pelo Fundador, Padre Haroldo Rahm, estão presentes na execução de todos os serviços.