20/07/2018

Atendidos do IPH fazem curso de culinária no Ceasa

Projeto Piloto, a iniciativa é da USF (Universidade São Francisco) em parceria com o ISA (Ceasa) e vai ser oferecido à 5 atendidos, maiores de 18 anos, da República Jovem do Programa de Acolhimento, mantido pelo Instituto Padre Haroldo.

Atendidos do IPH  fazem curso de culinária no Ceasa
Projeto Piloto, a iniciativa é da USF (Universidade São Francisco) em parceria com o ISA (Ceasa) e vai ser oferecido à 5 atendidos, maiores de 18 anos, da República Jovem do Programa de Acolhimento, mantido pelo Instituto Padre Haroldo.

São 3 mulheres e 2 homens que deverão realizar o curso, uma vez por semana de agosto à dezembro de 2018.

Ainda em junho, os calouros participaram de uma aula show no Ceasa, orientados por professores do curso de gradução de Gastronomia da USF. Na ocasião, os futuros alunos puderam vivenciar a rotina da cozinha onde farão o curso e ainda contribuiram para a produção de três pratos: uma entrada, um prato principal e uma sobremesa.

Para a assistente social Siomara Bergamo, a iniciativa é de extrema importância pois dá aos jovens perspectivas de continuar os estudos em uma faculdade. “Estar em contato com professores universitários e poder fazer este curso dá uma perspecticva aos jovens. Além disto é parte do programa das Repúblicas oferecer aos jovens oportunidade de capacitação profissional”.

Siomara apontou ainda que os alunos, tendo bem desempenho, poderão ser encaminhados, ao fim do curso para o mercado de trabalho. “Além disto, é mais um fator de motivação para os atendidos, que prestaram ENEM e deverão pleitear no próximo vestibular, bolsas integrais para ingressar na faculdade”, relatou Siomara.

Para a jovem D.S.S, de 20 anos, o curso é uma chance de começar a capacitação em uma profissão que já escolheu para seguir. “Eu fiquei interessada porque gosto de cozinhar. Atualmente não trabalho na área, mas pretendo fazer faculdade de Gastronomia”, afirmou.