01/02/2018

Programa de Prevenção realiza atividade de férias

“O que as artes podem ensinar na educação então? Ver as coisas pelo ponto de vista estético, aflorando nossa qualidade de vida”

Programa de Prevenção realiza atividade de férias
Em janeiro de 2018, crianças e adolescentes do Programa de Prevenção participaram da programação de férias escolares do IPH. As atividades foram realizadas na sede da entidade para os atendidos do Aprender Mais e do Circolando.




As crianças fizeram passeios, participaram de oficinas de dança, música, artesanato entre outras atividades.



Atendidos do Programa AprenderMais

“Queremos estimular os jovens a se sentirem possuídos por um sopro divino que os conduz a realizar algo com bastante entusiasmo”, revela André Mustafá, arte-educador do IPH. “Com interesse pelo vivenciar das cores, texturas, formas, sonoridades, a experiência estética é estimulada de maneira lúdica gerando tanto interesse que possibilita à criançada a se aprofundar e continuar essas pesquisas estéticas sem nossa presença e sem a obrigatoriedade de valer nota, ser testado ou provar algo para o mundo por meio de escolas formais. O que as artes podem ensinar na educação então? Ver as coisas pelo ponto de vista estético, aflorando nossa qualidade de vida, gerando prazer, despertando um processo de criatividade”, conclui Mustafá.
Para o arte-educador Antônio Carlos, as atividades lúdicas durante as férias tem um sentido especial para os atendidos do Circolando, que vieram dos bairros Campo Belo e Vida Nova para participar das atividades. “A oficina de teatro que demos nas férias para o Circolando foi incrível!!! Uma grande troca de experiências”, comemorou.



Arte-educador Daniel Pereira e atendido durante oficina

O atendido do AprenderMais, Kauan Marques Batista, 12 anos, participou das atividades pela segunda vez e gostou de voltar ao IPH, no período de férias. “Nas férias da escola eu geralmente fico em casa, e poder participar das brincadeiras é muito bom, a gente se diverte bastante”, afirmou Kauan.

Com cerca de 600 participantes diretos por ano, o Programa de Prevenção atende crianças, adolescentes, jovens e suas famílias, em duas frentes. No AprenderMais são atendidas mais de 200 crianças e adolescentes. Estes participam de oficinas de teatro, dança, circo, música, mídias audiovisuais, informática e esporte.

Já no núcleo itinerante, o Circolando, a equipe atua com oficinas socioeducativas e arte, em praça pública apoiada por um trailer nos bairros Vida Nova e Campo Belo, na periferia de Campinas, ampliando potencialidades pessoais e comunitárias e favorecendo o fortalecimento de vínculos saudáveis.

Texto contou com a colaboração de
André Mustafá e João C.P.B