Nossa História

Conheça melhor a nossa trajetória com a linha do tempo abaixo:

 

Fundação da APOT em 28/05 com a Comunidade Terapêutica na Fazenda do Senhor Jesus.

1978

Padre Haroldo inicia o Programa “Meninos de Rua” no terminal central de Campinas.

1989

Abertura Comunidade Terapêutica para adolescentes, que seria fechada em 2014.

1993

Criação do Programa de Prevenção e Educação para adolescentes, jovens e seus familiares estendido para crianças.

1995

O Instituto Padre Haroldo abre a Clínica e dá início ao trabalho ambulatorial.

1998

Inauguração da Casa Guadalupana para atendimento de crianças e adolescentes em situação de rua, em parceria com a Prefeitura de Campinas, serviço que seria fechado em 2010.

2001

Inauguração do Centro de Eventos Loyola.

2003

Reabertura do Abrigo masculino para adolescentes em situação de rua que seria fechado em 2018.

2004

Reabertura da Comunidade Terapêutica Feminina.

2008

O Instituto assume os trabalhos da Casa Verde, na época pernoite protegido e em 2010 transforma em uma Casa de Passagem com atendimento 24 horas para adolescentes e jovens em situação ou circularidade de rua.

Inauguração do Serviço de Acolhimento especializado para adolescentes do sexo feminino que seria fechado em 2018.

2009

21/06 Alteração do nome para Instituição Padre Haroldo Rahm e adoção do nome fantasia Instituto Padre Haroldo - IPH
Remodelação e unificação dos serviços de acolhimento de adolescentes para meninos e meninas com a criação do Abrigo Especializado para adolescentes em situação de rua e uso de substâncias psicoativas, serviço fechado em 2017.

2011

Inauguração da Casa de Passagem para moradores de rua adultos.
Criação do Projeto Circolando, um serviço inovador de educação social, prevenção com atividades de arte e cultura, atuando em bairros de alta vulnerabilidade social com crianças e adolescentes que seria fechado em 2019.

2013

Abertura das Repúblicas Feminina e Masculina para acolhimento de jovens egressos de outros serviços de acolhimento.

2014

Inauguração da Casa da Gestante, uma unidade de atendimento residencial para gestantes, puérperas e seus filhos em parceria com a Secretaria de Saúde de Campinas.

2015

Abertura das Repúblicas Terapêuticas Masculina para egressos do programa de recuperação em dependência química.
O IPH assume o atelier de costura Marias Cheias de Graça e inaugura o GERE Costura.

2016

Criação do Programa de Trabalho e Renda

15 serviços em 10 endereços

2017

Desenvolvimento dos Projetos: Entre as malhas do Campo Belo, ComuniCaí, e Viva Cultura.

2019