01/05/2020

O AMOR EM GESTOS - Campanha Emergencial - COVID 19

O AMOR EM GESTOS - Campanha Emergencial - COVID 19

A Pandemia pelo Covid-19 traz para a humanidade enormes desafios, nas mais diferentes dimensões da vida humana. Obviamente que o maior deles está no campo da Saúde, na Prevenção, no Tratamento, adequação da rede hospitalar, leitos de UTI, equipamentos, testes, proteção aos profissionais de Saúde, desenvolvimento de vacina, tecnologia, Política Pública, entre outros. Mas há também enormes desafios no campo da economia, do desemprego, das empresas se acabando, das relações humanas, da Educação, das práticas religiosas, das atividades nos serviços relacionados à Psicologia, à Educação, Assistência Social e praticamente em todas as atividades laborais, científicas, culturais esportivas. Ainda outro um outro desafio crescente e gravíssimo, o agravamento da situação de pobreza e a fome agravadas em consequência do isolamento social.

O Instituto Padre Haroldo – IPH, está muito sensível a essa triste realidade, pois ela toca diretamente na missão primordial da entidade que é, a “Promoção da Vida e do Respeito à Dignidade Humana”. No último dia 24 de abril, o Diretor do Programa Mundial de Alimentação da ONU, David Beasley, afirmou que o impacto da Pandemia pelo Covid-19 pode provocar uma catástrofe humanitária, dobrando o número de pessoas que sofrem com a fome no mundo; de 130 milhões para 260 milhões de pessoas, e completou dizendo que estamos à beira de uma “Pandemia da Fome”. No mesmo sentido, a economista chefe do banco Santander, Brasil, Ana Paula Vescovi, faz a previsão que a Pandemia no seu pico vai aumentar em 2,5 milhões o número de pesssoas desempregadas no país.

Movido por sua missão, o IPH realiza diariamente as ações dos seus treze serviços, que tem como foco promover Educação, Cuidados e Desenvolvimento Social e Pessoal. Esses serviços são oferecidos diariamente, durante todo ano, atendendo mensalmente mais de 2 mil pessoas, tendo como púbico alvo, gestantes, bebês, crianças, jovens e adultos, que vivem em situação de vulnerabilidade pessoal e social. Essas ações são promotoras de Justiça e Paz, beneficiando também toda a sociedade.
 
Diante da tragédia da COVID19, o IPH lançou uma campanha para arrecadação de alimentos e produtos de higiene, para entregar cestas com produtos de primeira necessidade, socorrendo mais de 2.000 pessoas, familiares das crianças atendidas pela  Instituição, que tiveram sua situação de pobreza agravada, em consequência do isolamento social. Essa ação causou uma impressionante e positiva mobilização da população, que se sensibilizou com o apelo da campanha, formando uma corrente do  bem. Um grande número de pessoas expressaram sua solidariedade com uma doação, um “Gesto de Amor”, que viabilizou a entrega das alimentos em lares, onde as dispensas e as geladeiras estavam vazias. Como elo dessa mesma corrente do bem e do “Amor em Gestos” estão os profissionais e voluntários do IPH, que não medem O AMOR EM GESTOS Campanha Emergencial - COVID 19 artigo 30 esforços para operacionalizar toda a logística da campanha; recebendo as doações, separando,  montando cestas de produtos e entregando de casa em casa em diferentes localidades. É comovente ver as imagens e ouvir os relatos das pessoas beneficiadas pela campanha, que ao receberem os alimentos, expressam um suspiro de alívio e uma  palavra de muita gratidão.Infelizmente, as consequências nefastas do isolamento promovido pela Pandemia vão ainda além de todos os problemas já citados, pois há um agravamento de outros problemas sociais, como o alcoolismo, o consumo nocivo de drogas, o aumento da violência doméstica, o estresse, a ansiedade, a solidão e a depressão. Os problemas são graves e complexos e as soluções também complexas, pois envolvem não só as ações das políticas públicas, mas a conscientização e a  atitude responsável dos indivíduos e da sociedade coletivamente. Um dia, perguntaram ao Padre Haroldo qual seria sua maior virtude, ele respondeu: ‘nem sei se tenho alguma, mas, se tiver, digo que é a PERSEVERANÇA”.

A Pandemia nos convoca a sermos solidários e perseverantes, cultivando bons pensamentos, levando ao outro, palavras de ânimo, de apoio, de consolo, palavras que acalmam a mente e acalentam o coração. Que sejamos perseverantes nas atitudes,  sejam aquelas recomendadas em tempo de Pandemia, “fique em casa”, “use máscara”, etc, mas também nas atitudes que promovem o Amor, a Paz e a Esperança. Que sejamos perseverantes na prática da solidariedade, na expressão do carinho, do afeto, da tolerância, da escuta, da generosidade, enfim perseverantes no cuidado com o outro. Padre Haroldo foi um homem profundamente perseverante na busca dos seus ideais, perseverante nas suas ações, porem, ainda mais perseverante na sua caminhada de Fé e na sua profunda Oração. Deus se revelou em Jesus como Deus do Amor, fiel ao Pai em todos os momentos, fiel aos seus discípulos, fiel na compaixão aos mais necessitados, fiel à sua Missão misericordiosa para toda humanidade. Se
alguém me perguntar, por que Deus permite que tragédias aconteçam, eu poderia sugerir algumas respostas que fizessem sentido, mas sinceramente não me atrevo responder, afirmo sim, que Deus é presente e está no meio de nós, Deus é presente sendo fonte de luz, de esperança e fortalecimento para suportarmos e superarmos todo sofrimento, Deus é presente como sempre esteve e sempre estará. Como diretor do Instituto Padre Haroldo que sou, tendo recebido junto de Lúcia Sdoia, minha esposa o voluntariado no Instituto Padre Haroldo como uma missão de vida, que nos foi entregue por Deus pelas mãos do Padre Haroldo, nós, juntamente com toda diretoria, equipe profissional,  voluntários e doadores e representando mais de 3 mil
pessoas atendidas diretamente pelas ações do IPH, encerro esse texto conclamando os leitores para que estejamos, firmes e perseverantes nas atitudes em favor da Promoção da Vida e do Respeito à Dignidade Humana. Que sejamos perseverantes na Promoção da Justiça e da Paz, que sejamos perseverantes na Fé e na Oração, tendo uma visão de unidade e entusiasmo em prol da grande Família Humana composta por mais de 7 bilhões de pessoas e Deus é presente em cada coração, presente no seu coração abençoando você e sua família.

Em tudo Amar e Servir,
Deus é conosco!
Beto Sdoia
Diretor Voluntário do IPH