01/12/2020

Dia de Doar, apoio que faz a diferença

A campanha é válida até 31/12. Vamos nos mobilizar em prol dessa obra!

Dia de Doar, apoio que faz a diferença

Estimuladas pela solidariedade, é comum ver pessoas irem atrás de ações sociais nesta época do ano. A busca pela ressignificação te convida a disponibilizar uma parte do seu tempo para espalhar e promover a generosidade. Movimento que envolve cada vez mais doadores, o Dia de Doar está presente em mais de 70 países e ganhou força por conta da pandemia do coronavírus. A data busca mobilizar toda a sociedade e fortalecer o hábito de doar como parte do cotidiano das pessoas.

O IPH tem mais de 2.500 pessoas beneficiadas mensalmente com seus programas assistenciais e, por isso, busca diariamente doações e auxílio para os trabalhos realizados. Segundo Lorete, responsável pelo setor de Captação de Recursos do Instituto, “por conta do momento de pandemia e da paralisação de alguns serviços, tivemos uma significativa queda na receita da entidade - 30%. Por isso, para garantir o atendimento, foram criadas as caixas temáticas e também iniciamos, em março, a Campanha ‘Amor em Gestos’. Ela atende especialmente as crianças, os adolescentes e suas famílias que, sem os atendimentos presenciais no Instituto e com as escolas fechadas, não teriam nenhuma possibilidade de alimento ou produtos de higiene e limpeza.”.

Mediante a situação que estamos vivenciando, algumas adaptações foram planejadas para as arrecadações, contudo não afetando a vontade de fazer o bem. Por isso, buscamos diversas maneiras de mobilizar todas as pessoas, físicas ou jurídicas, para se engajarem e fazerem a diferença, independente da forma como ela aconteça.

O Dia de Doar vem com objetivo de ajudar a todos nós na conscientização e na importância da doação, que pode ser feita de diversas formas, por exemplo, oferecendo o seu tempo como voluntário na instituição; dar aulas conforme a sua especialidade em um dos projetos desenvolvidos na Instituição; doar roupas, brinquedos ou alimentos aos que necessitam.”, afirma Lorete.

Pensando nisso, não vamos perder essa oportunidade. Conheça um pouco sobre as formas de doar e nos ajude a promover a solidariedade!

- Doe seu tempo: O interessado em ser voluntário pode realizar o cadastro pelo site e o ingresso nas atividades será em janeiro de 2021. Dentre as opções, é possível contribuir com o próprio tempo para realização de diversas atividades: se adequar a algum setor oferecido no IPH ou oferecer algum serviço profissional, conforme a sua especialidade.

- Doe Cupons Fiscais: As pessoas podem entregar suas Notas Fiscais impressas direto no IPH ou realizar o cadastro no site para destinar automaticamente as NF’s. Além disso, é possível que os estabelecimentos comerciais interessados recebam a “caixinha” para o acúmulo dos cupons emitidos.

- Doe itens para os nossos bazares: Aceitamos todos os tipos de doações para os nossos bazares: roupas, calçados e acessórios, brinquedos, móveis e artigos de decoração, utensílios domésticos, etc.

- Doe alimentos, produtos de higiene e limpeza: As doações serão repassadas para a campanha “Amor em Gestos”, que ajuda as famílias das crianças assistidas por nosso Programa de Prevenção. São aproximadamente 360 crianças entre 6 e 14 anos, que devido à pandemia, estão em casa e precisam do auxílio da Instituição.

- Doe recursos: Os interessados podem contribuir com qualquer valor, através do site, para a manutenção das atividades realizadas no Instituto. A doação pode ser única ou mensal. 

- Doe Imposto de Renda Pessoa Física ou Jurídica: As empresas interessadas podem destinar 4% para nosso projeto do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente. Já as pessoas físicas podem contribuir com 6% do seu IR para o Instituto. Nossa equipe está à disposição para auxiliá-lo em suas destinações. 

- Doe para um Natal mais feliz: É possível adquirir uma caixa com o kit artesanal de enfeites de Natal, através do site ou whatsapp.

Acesse a nossa página do Dia de Doar e encontre o passo a passo. É muito importante o apoio de todas as pessoas! Todas as formas de doar são super válidas!”, finaliza Lorete.

Comunicação - Instituto Padre Haroldo